Vestido bandage


O bandage dress ou vestido bandage, em português, é uma das peças que foram sensação no mercado da moda no ano passado, tanto na temporada de primavera/verão quanto no outono/inverno. As pessoas corriam para comprar a peça de roupa que estava presente na maioria das coleções e desfiles nacionais e importadas do ano de 2010.

Vestido Bandage: grande tendência em 2010

O modelo de roupa bandage dress foi inventado em Paris pelo estilista Hervé Leger há mais de duas décadas e estava esquecido até ser relançado nas últimas coleções.

A peça consiste em um vestido super colado ao corpo, geralmente fabricado de tecidos como a lycra e o elastano. Formado por uma série de faixas de tecido como se fossem ataduras ou bandagens, é daí que surge seu nome.

Por ser essencialmente sensual, deve ser usado com cuidado para que não fique vulgar. Recomenda-se assim a utilização de acessórios e calçados menos chamativos, uma vez que a peça por si só já atrai olhares.

roupa feminina para festa

Recomenda-se o uso de acessórios discretos com o bandage dress

Para quem é bem magra, o modelo fica ótimo. Mas para quem é um pouco mais curvilínia, recomenda-se o uso de alguma peça por cima, como por exemplo um blazer cortado no estilo masculino, quebrando a forte sensualidade da peça.

casaco e vestido

Se você possui curvas, vale a pena usar um casaco sobre o vestido Bandage, de preferência com cortes masculinos

Outro cuidado ao utilizar este estilo de roupa é escolher uma lingerie que não marque a roupa.

Publicidade - LAMG

Comprar roupas como o vestido bandage está proibio para pessoas com barriga saliente, gordurinhas localizadas ou celulite, uma vez que se trata de uma das peças de roupas que mais marca o corpo em todo o mundo.

O modelo tomara que caia vai muito bem para sair a noite, principalmente em danceterias. Já o de manguinhas e cores mais escuras, é uma ótima opção para festas formais, sem exageros.

O cabelo preso completa o look deixando o mais sofisticado e eliminando a vulgaridade que poderia estar presente na produção.

Imagens do site oficial da marca Guaraná Brasil e de seu blog

 

Deixe um comentário